O araponga e o repórter por Luis Nassif

O novo capítulo de “O Caso de Veja” revela os bastidores do grande momento de Veja: o grampo do pagamento da propina de R$ 3 mil a um funcionário dos Correios.

Mostra as ligações do repórter com o araponga, de como o araponga vendia seu pacote de serviços – que incluía o grampo e a possibilidade da matéria ser publicada na Veja – e de como o repórter atuava como “consultor”, avaliando a gravidade ou não do grampo e aguardando que o araponga escolhesse a melhor hora para publicar a matéria.

Depois, como as pessoas que contrataram os serviços do araponga assumiram o comando da corrupção nos Correios, foram presos no ano passado e a revista nada noticiou.

Clique aqui para ler no Blog.

Ou clique aqui para ler no Google Pages.

Comentário

Atenção, amigos blogueiros que estão reproduzindo a série: incluí no último capítulo um intertítulo sobre a Operação Selo, que prendeu a quadrilha que, através de um mero grampo de uma propina de R$ 3 mil, assumiu o comando da corrupção nos Correios. Solicito atualizarem o capítulo.

Reproduzido do blog de Luis Nassif, leia o capítulo aqui

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: